Reconstruindo Caminhos

Reconstruindo Caminhos
Escrevo porque chove saudades no terreno das minhas lembranças e na escrita eu deságuo as minhas urgências, curo velhas feridas e engano o relógio das horas trazendo o passado para brincar de aqui e agora... Costumo dizer que no calçadão da minha memória há sempre uma saudade de prontidão à espreita de que a linguagem da emoção faça barulho dentro de mim e que, nessa hora, o sal das minhas lágrimas aumente o brilho do meu olhar e uma inquietação ponha em desalinho o baú de onde emergem as minhas lembranças, para que eu possa, finalmente, render-me à folha de papel em branco...

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Castanha e ameixa, por favor!








Insight na linguagem comum é como se fosse um estalo. De repente, uma ideia ou uma lembrança, que parece vir dos porões da vida, nos acorda pedindo um novo olhar sobre...

Por que não pensei nisso antes?! É a pergunta que fazemos nessa hora.

Pois bem, dessa vez a iluminação tem cor e sabor: castanha e ameixa, por favor! Esse é o pedido que ela sempre faz na mesma sorveteria que freqüenta há anos. E não é só isso! Têm outros hábitos que foram se instalando, lentamente, sem que ela se apercebesse: o mesmo caminho para ir e vir, o mesmo restaurante, o banco, a mesma marca de carro, a praia... Até um velho amor embrulhado para presente num papel já gasto pela poeira do tempo. Tudo igual! Não importa o tempo e as suas estações a sugerir mudanças. Ela engessou a vida, se fez estátua.

Castanha e ameixa o seu sorvete preferido durante décadas, foi o fio condutor desse estalo que ora se apresenta, pedindo soluções práticas e urgentes. Por que não se abrir para o novo mudando de cores e sabores, traçando outros destinos e fazendo novas escolhas?

São perguntas para as quais ela ainda não tem respostas, mas que já foram entregues ao tempo, para que a solução esteja muito mais em acordo com o desejo da sua alma e menos com o imediatismo que pontua as decisões baseadas em valores de referência, tais como: modismo, vaidade ou a “solidão do único cálice de vinho.”

Mudança é como carinho de mãe... Tem que ser espontânea, abrangente e alcançar o lugar aonde – ainda - não podemos ir...

9 comentários:

Chica disse...

Que texto lindo e verdadeiro...Temos mania de ficar repetindo,muitas vezes automaticamente as mesmas situações...Parar e rever isso é preciso!beijos,chica

lis disse...

Oi Julieta
A gente tem medo do novo , né mesmo? é tao mais simples pedir castanha e ameixa ,rsrs
Falando sério insight é mesmo aquele estalo bom .E se a gente souber entender vai experimentar sabores e sabores.
Adorei esse insight, já tenho planos pra mudar... rs
beijinhos, volte sempre lá.

Gaspar de Jesus disse...

Cara JULIÊTA
Que bom ver a senhora por aqui!
São nove horas, vou sair agora de casa e ao espreitar o Arte Fotográfica tive esta bela surpresa.
Mas deixe que lhe diga minha amiga, NÃO PRECISAVA DE ME EMOCIONAR LOGO PELA MANHÃ...
Fique com Deus
Muito Obrigado
Volto aqui mais logo.
Bjs
G.J.

C. S. Muhammad disse...

Adorei o visual novo do blog.
Quanto ao texto, eu preciso aprender a arriscar e mudar. Obrigada pelas belas palavras.
bjs

Sueli disse...

Engraçado, acho que já vivi tantas vidas nesta vida, mudei tanto e tantas coisas que às vezes nem me reconheço, mas em todas elas não mudei o sabor do meu sorvete preferido...rs. Muito bom seu texto! Abração!

Libel disse...

Julieta tuas palavras merecem ser aplaudidas. Olha vou te contar um segredo, fica aqui só entre nós combinado??..se tiver que esperar um mês, 2 meses, 3 meses desta inspiração provar, eu espero sim e de queixo caído, pois esse texto vale mesmo a pena esperar por ele!!..Mudanças sim, sempre...mas como tu dizes muito bem, terão de ser expontâneas..livres, de vontade e no momento em que sentirmos segurança para as realizar.
No entanto, em questão de sabor de gelado, vai ser díficil, pois caramelo e nozes pécan deixam-me a babar.., a não ser que ...mude para caramelo e nozes pécan...rsrsrrsrrs....

P.s. Adorei o cabeçalho...uma mudança rica de espírito!!...

Beijokas amiga...

lis disse...

Oi Ju
Passei pra deixar o abraços , hoje já distribui na minhsa casa também rs
bjinhos

Solange Maia disse...

Ela engessou a vida, se fez estátua.

ui...

vou começar pedindo sorvete de... pistache !!!!

hoje foi tão prá mim o seu texto...
obrigada, viu ?

beijos no coração

A Magia da Noite disse...

e a vida é uma constante mudança, hoje mais do que nunca, experimentar é estar sempre alerta para o que vai vir depois da próxima esquina.